Conexão ST-Dogtown

Já tratamos no blog, algumas vezes (aqui, aqui, aqui e aqui), da proximidade com o Suicidal do lendário skatista Jay Adams, da rapaziada Dogtown.  Pois, recentemente, soube de nova conexão direta entre as duas partes.

Assistindo ao Notícias MTV no domingo passado, lá estava o Cazé entrevistando o Tony Alva, outro lendário skatista oriundo de Dogtown. Até que no bate-papo, Alva revelou ter uma banda com Amery Smith, ex-batera dos Cycos.

Alva nos tempos áureos de Dogtown.

Fui consultar o dono das baquetas no primeiro álbum do ST e fiquei sabendo um pouco mais sobre esse projeto:

“The band is called GFP! General Fucking Principles ! And is not only myself and Tony Alva on bass, but also Crazy Tom, the singer from DFL – (Dead Fucking Last) and Aime Caron on guitar. Its good, a lot of fun, punk rock, reggae, hardcore, metal, all that. We recorded sixteen songs this past weekend with legendary Producer Mario C. And we will mix later this summer”.

Encontrei um registro no Youtube, em qualidade bem ruim, mas que já dá pra sentir um gostinho…


6 Comentários

Arquivado em ST for Life

6 Respostas para “Conexão ST-Dogtown

  1. boa.
    entrevista com mister tony alva na revista 100 % skate deste mês de junho.
    ele fala sobre a banda…
    abs dd

  2. Marcão

    Faala André,
    E aquela Suicidal Park, conseguiu alguma informação ?

    Abraço

  3. Folloni

    Mudando de assunto: na página do Beowülf na Wikipedia diz que tem um disco novo, de 2010, e que o Louichi é agora integrante da banda. Confere? Alguém sabe algo sobre isso? Será que o disco é bom? Hein?

  4. Entrevista de Tony Alva para Marcelo Viegas na revista 100% SKATE do mês de junho de 2010:
    TA: “… só muito tempo percebi que a maioria dos meus problemas tinha a ver com meu ego.
    100%: No livro “Não devemos nada a você”, tem uma entrevista com Ian Mackaye, do Fugazi. Nela, comentando uma passagem do começo dos anos 80, ele diz que ficou muito feliz quando você cortou o cabelo. Alguma ideia de por que ele disse isso?
    TA: (risos) Acho que porque aquilo representou um ponto de transição na minha vida, do dinossauro hard rocker para o garoto punk rocker.

  5. continuando: “… Tem a ver com essa transição do surfista heavy metal para o cara do hardcore/punk rock.
    … Claro que os caras do Bad Brains não são um bom exemplo nesse assunto de cabelo, afinal eles usavam dreadlocks, mas o fato é que essas novas bandas do cenário hardcore não costumavam usar cabelo comprido. nenhum deles queria parecer ou agir como hippie. Foi uma época muito especial, muito rica para a música. Num dado momento, aprendi a tocar baixo, e comecei a tocar em bandas punk. Inclusive toco numa banda agora, que é certamente a melhor banda em que já toquei.

  6. continuando: “E apesar de ter o cabelo comprido novamente, barba e parecer um hippie, a minha atitude é totalmente punkrock. Principalmente em relação a música, e na minha atual banda, nossa atitude é punk: sem regras, fazemos do nosso jeito, tocamos alto e rápido, mas também quebramos o ritmo e tocamos reggae roots… O nome da banda é GFP. Começou como General Fucking Principle, mas como fomos tocando cada vez mais coisas com influência de reggae, decidimos mudar para Generation For Peace.
    … A sonoridade é fortemente influenciada por bandas como Bad Brains, The Clash, Black Flag, além das nossas bandas anteriores: nosso vocalista tocava no DFL, o baterista tocou no Beastie Boys e Suicidal Tendencies, etc.
    100%: E vocês têm planos de gravar um disco?
    TA: Sim.
    …Já temos várias músicas, umas 13 ou 14 prontas. Mas o que queremos é nos divertir.




    .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s