Arquivo da tag: I Saw Your Mommy

Bluesy!

Não se trata da discussão sobre o melhor solo de guitarra da história do Suicidal. Mas, sim, daquele que é, na minha opinião, o mais rock and roll de todos os registrados em discos da banda.

A partir dos 3 minutos e 42 segundos dá pra entrar na onda…

A música de uma forma geral é sensacional, um clássico da esculhambação juvenil aditivado por uma boa dose de humor negro. Nada mais adequado para o disco de estreia de uma conjunto batizado Suicidal Tendencies.

Mas voltemos ao solo escrito e executado pelo excelente Grant Estes. Gosto especialmente do trecho que se desenvolve a partir dos 3 minutos e 56 segundos.

Mayorga e Estes nos velhos tempos do ST, início dos anos 80.

Não tenho conhecimento técnico de guitarra. Mas, talvez, nem seja preciso, pois o que impressiona mesmo é o feeling da parada. De qualquer forma, a rapaziada que manja pode (e deve) dar o veredito nos comentários. Pedi um pitaco pro Louichi Mayorga e ele mandou o que segue…

“One of my favorites too, the lead should of went one extra measure, like 5 seconds. But,  yeah! Grant likes it too! Bluesy!”.

Bluesy… taí, talvez seja a melhor definição.

Curiosamente, Estes acabou sucumbindo ao hair metal de Los Angeles após deixar os Cycos, já batendo na porta dos anos 90. E numa banda chamada Hostage, deitou o virtuosismo na guita. A Flying V empunhada por ele na foto acima já sugeria uma caminhada desse tipo.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em ST for Life

Nove razões porque o ST comanda!

Esse texto é do site da revista inglesa Metal Hammer, devidamente traduzido e ilustrado para o blog.

Sem o Suicidal Tendencies, não haveria…
Biohazard, Hatebreed, Municipal Waste, Faith No More, Sick Of It All, Pennywise, Living Colour…

O clipe de ‘Institutionalized’
Com a participação da MILF (sigla para ‘Mother I’d Like do Fuck’, ou seja, uma coroa bonitona) mais gostosa de todos os tempos, uma fuga épica, um sósia do Ray Charles, uma versão enfurecida do Barney, o Dinossauro e muito skate. Isso aí!

Eles tornaram o skate cool
Sim, o skate já foi cool e o ST foi um dos responsáveis por isso. Nós ainda estamos aguardando a invenção do Hoverboard (aquele skate flutuante do filme ‘De volta para o futuro’) para a nova ascensão do skate.

I Saw Your Mommy
A definitiva música-para-cantar-junto. Se você não a conhece, arranje uma vergonha na cara.

Mike Muir tem o cacife para usar uma bandana
Apenas poucos caras podem vestir um adereço na cabeça e não parecer que está indo passar o feriado em Bridlington (uma cidade litorânea meio afetada do sul da Inglaterra). E o Mike Muir é um desses poucos caras.

Rob Trujillo
O baixista super herói iniciou sua vida musical no Suicidal Tendencies antes mesmo de se juntar à banda de Ozzy e hoje em dia, ao Metallica.

Invasão ao palco do festival Download
A última vez que a banda tocou no Download (festival de rock que acontece todo ano na Inglaterra, e é tido como o sucessor do lendário Monsters of Rock) foi em 2007, quando rolou uma invasão infernal no palco. Pensando melhor, nós acharíamos melhor chamar segurança extra da próxima vez.

R-E-S-P-E-I-T-O
Quantas bandas você pode citar que podem ser incluídas no mundo do hardcore, punk e do metal? Você tem um minuto para pensar. Não são muitas, não é?

O blusão de Hockey (hockey jersey)
Hoje em dia virou um uniforme nos shows de metal no mundo inteiro, mas quem começou com a história do blusão de hockey foi o Mike Muir. O cara já tem mais de 40 anos e ainda parece mais cool que qualquer um de nós. Droga.

3 Comentários

Arquivado em ST for Life

Clássico no papel

Não lembro mais onde encontrei esse desenho de I Saw Your Mommy. Uma pena, pois o responsável mandou muito bem. Em pouco espaço, “roteirizou” esse que é um dos grandes clássicos do ST, incluindo uma série de elementos do universo Cyco. Tudo isso num traço muito legal.

Pra começar, lá no canto esquerdo superior, tem ali a imagem da capa do primeiro álbum, com os quatro integrantes pendurados de ponta cabeça no globo em Playa del Rey. Uma latinha de Pepsi também dá o ar da graça.

Outro ponto a se lamentar é o tamanho pequeno da imagem, o que impede uma melhor conferência dos detalhes. Vale um pôster. Se alguém encontrar o artista, me avise, ou se ele pintar por aqui, que se manifeste.

2861_69224046229_708391229_2159595_3294336_n

********************************

I don’t remember where I found this I Saw Your Mommy drawing. Unfortunately, because is a great job. In a short space, the author “scripted” the classics of ST, including a number of elements of the Cyco universe.

In the upper left corner, appears the cover image of the first album, with the four members hanging upside down on the globe in Playa del Rey. A can of Pepsi, a V13 hat and, of course, the dead mommy…

Another point to be regretted is the small size, which prevents a better details conference. This drawing deserves a poster. If someone find the artist, please tell me…

OBS:  essa é uma tradução que visa somente tentar facilitar as coisas para os camaradas estrangeiros. Se você encontrou algum problema, um erro bizarro, por favor me avise!

Deixe um comentário

Arquivado em ST for Life

Lights… Camera… ST! – 3

Um dos videos mais antigos do ST, de 1984, segundo o responsável pela postagem no youtube. O clássico I Saw Your Mommy executado num palco de médio porte, som razoável. Destaque para a rapaziada tomando conta da cena, suicidalz, punks, homeboys, skatistas etc.

Vale ressaltar também a performance de Muir, molecão “possessed”, presença que acabou consagradada. Tem também John Nelson degustando a guita, num solo a la Hendrix, sem fazer feio ao gênio. Completam o grupo o batera Amery Smith, e o seu kit diferenciado, mais Louiche Mayorga, perdido no meio da crowd.

Captei alguns “melhores momentos” pra vocês sentirem o drama.

Mike e sua camiseta clássica

Mike e uma ST-shirt clássica

Louiche Mayorga, de costas

Louiche Mayorga, de costas

Jon Nelson e a bandana inseparável

Jon "Hendrix" Nelson

Amery e a batera diferente

Amery e a batera diferente

Deixe um comentário

Arquivado em Lights, Camera, ST!