Arquivo da tag: Jon Nelson

Baú dos Smiths

Depois de mergulharmos na séria Recuerdos de Mayorga, eis que mais um baú com pérolas dos Cycos se abre. Desta vez, trata-se de Dominy Smith, irmã do ex-batera do Suicidal, Amery Smith. Para o delírio da turma, ela fez a baita camaradagem de disponibilizar alguns registros dos primórdios do conjunto no Facebook.

As fotos nos lançam lá para o início dos anos 80, época em que o ST ainda aprumava o repertório e caçava uma chance para gravar o álbum que mudaria a vida de muita gente — a minha, por exemplo.

Jon Nelson dedilhava a guita, com sua vibe hendrixiana. Louie Mayorga era o titular do contra-baixo. Amery Smith empunhava as baquetas. E, claro, Mike Muquinho Muir, presidia o conjunto.

Artigos de luxo!

Antes das fotos, porém, deixo um registro. Durante um mês, o blog ficará sem atualizações, em virtude de uma viagem de trabalho. Segurem a onda que logo tudo volta ao normal. Valeu!

O roadie do ST Moony, Amery Smith de cabelo raspado e Kevin Guercio, vocalista do No Mercy, curtindo uma birthday party.

Festinha em Harrisburgh, na Pennsylvania. Mike Muir traja berma vermelha, enquanto Mayorga ostenta um calção Elite caqui.

Mike Muir versão bonequinho, Louie de azul, Amery de laranja e Jon Nelson sem camisa. 1983 - Ohio.

Mike Muir em Detroit, 1983, após passar a noite em um necrotério.

ST no Eletric Banana - Amery Smith é o primeiro, Mike Muir o segundo, Mayorga com um penteado invocado e Jon Nelson sem camisa.

 

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em ST for Life

Flashing Pictures – 36

Meus camaradas, obrigado pelos votos de sucesso na cirurgia. Tudo correu bem. O único problema é que terei de ficar de gesso por algum tempo. Assim, nada de textos grandes no blog.

Volto com duas belas fotos do baú do Mayorga em que, além do velho baixista, temos ainda o parceiro e ex-guitarrista Jon Nelson. Coisa fina.

7 Comentários

Arquivado em ST for Life

Flashing Pictures – 28

Seguindo com as pérolas do baú do Louichi, temos o Suicidal em turnê. Os caras foram até o inóspito Alaska, a 5.500 quilômetros de distância da ensolorada Los Angeles. Uma pernada monstro no início dos anos 80.

Na foto histórica, um molecote Mike Muir, cheio de panca de surfista e, aparentemente, imune ao frio. Mayorga logo abaixo, com um invocado sobretudo. Jon Nelson é o próximo, de cavanha e moletom Possessed. Na sequência está Amery Smith, tirando onda de batera francês, equilibrando uma boina e fumando um cigarro. Por último, representando o chicano style, não faço a menor ideia de quem seja. Classic!

6 Comentários

Arquivado em Flashing Pictures

Flashing Pictures – 18

* with english version below.

Gosto muito dessa foto. É um dos poucos registros em que o ST aparece na praia. Algo que, para uma banda local de Venice Beach, e tão identificada com a sua origem, não deveria ser tão raro. Não sei quem foi o responsável pelo clique, mas são gigantescas as chances de ela ter sido tirada por Glen Friedman.

Poucas, mas sensacionais as fotos do ST em seu habitat natural. O que dizer da peça que ilustra a capa do primeiro álbum, reproduzida, dez anos depois, para o Still Cyco?

.

Provavelmente ao lado do pier de Venice, sobre as pedras, estão Muir (largado), Smith (desajeitado), Nelson (desafiador) e Mayorga (low-profile) — detalhe para respingos de uma onda que estourou, no canto direito.

Formação de 1983 a 84 que cavou um lugar na cena para o Suicidal. Com um disco de estreia desacreditado debaixo do braço, contra o descrédito da mídia, costurando as desavenças com outras bandas e se esquivando do ódio e da violência das gangues.

Chama a atenção o bonézinho do Nelson. À época, sempre feito com as próprias mãos. Mais tarde, essa onda (da aba do boné virada pra cima, mostrando alguma inscrição) viraria símbolo do ST e febre entre os fãs nos truckers hats dos anos 80.

*************ENGLISH VERSION*************

I really like this pic. It’s one of not so many photos avaliable that contains ST on the beach. And the scenario shouldn’t be so rare, for we’re talking about a band formed and raised in Venice Beach, the place they are really related to. I’m not sure who shot the pic, but it was probably Glen Friedman.

Even is there aren’t so many ST photos in their natural habitat, they are still terrific, though. What shall we say about the one that’s in the cover of their first album, that was released 10 years later for Still Cyco?

This pic was probably shot next to the Venice pier, standing in the stones, you can see Muir, Nelson and Mayorga – zoom on the splash caused by a wave, on the right corner.

The 1983-84 line-up dug a spot in the scene for Suicidal. Carryin’ a discredit debut album, also against the discredit of the media, sewing disagreements with other bands and avoiding the hate and the violence brought by the gangs.

Nelson’s tiny cap is another thing to pay attention – back then, those werer always drawned by hand. Later, this ‘style’ would turn out to be the ST symbol and become a fever among the fans wearing trucker hats in the ‘80s.

2 Comentários

Arquivado em Flashing Pictures

Conexão LA-NY

* with english version below

Não sei se é a melhor maneira de começar o ano em se tratando de um blog sobre uma banda específica. Afinal, o ST não é a “estrela” do post. Mas, com certeza, trata-se de uma grande curiosidade.

Dia 12 de maio de 1986, na Alemanha, o Anthrax tocando War Inside My Head. Quem se ligou na data, já percebeu que o show aconteceu antes do lançamento do Join the Army, disco dos Cycos que contém o clássico.

Detalhe que mostra como a canção já comovia a moçada. Mais informações sobre a música você pode encontrar na entrevista que o Jon Nelson, ex-guitarrista do ST e um dos autores, concedeu ao blog.

Execução bem fiel (como não poderia deixar de ser, em se tratando de um grupo excelente)  que começa a partir de 5h30. No momento de anunciá-la, o sensacional guitarrista Scott Ian dá uma vacilada e a chama de War in My Head.

Não sei como rolou a conexão LA-NY. Imagino que algo natural, no caso de duas bandas que chamavam muita atenção na metade da década de 80. Se alguém souber mais…

Vagando pela internet, encontrei a foto abaixo, retratando um encontro, provavelmente, no início dos anos 90.

***************ENGLISH VERSION***************

I’m not sure if this is the best way to star the new year, knowing that this blog is about an especific band. After all, ST is not the ‘star’ of this post, but it’s certainly a big curiosity.

On may 12th 1986, in Germany, Anthrax playing War Inside My Head. It’s the date of the concert that happened before the releasing of Join the Army, wich is the Cyco’s album that contains that song.

You can see that it shows how the song already moved the crowd. You can check more info about the song on the interview I made with Jon Nelson, former ST guitar player and the co-author of it.

It’s a pretty faithfull performance that starts in the 5’30 of the video, but when Scott Ian announced the name of the song, he called it wrong on War in My Head.

I don’t know how the connection LA-NY first started. But I presume it was normal, knowing that both bands were really on focuses by late 80’s. If anyone has more information, please let me know…

Going ‘round the net, I’ve found the pic above, probably from the early 90’s.

4 Comentários

Arquivado em ST for Life

Bob Heathcote na área…

* with english version below.

Depois de Jon Nelson, mais um ex-integrante do Suicidal apareceu por aqui  (o blog está ficando importante). Bob Heathcote comentou este post e pôs fim às dúvidas sobre o seu paradeiro. O ex-baixista do ST no final dos anos 80 está mais vivo do que nunca – cheguei a ler na internet que ele teria sido assassinado — e logo ressurgirá em uma entrevista exclusiva.

Heathcote, ex-baixista do ST, e o filho Jon, em foto recente.

Beside Jon Nelson, another Suicidal former member has appeared here (this blog is becoming important!). Bob Heathcote commented this post and solved the mistery about his secret spot. The former ST bassist  from the late 80’s is more alive than ever (unlike some “news” I’ve read on the net sayin’ he was murdered) and he will be soon here in an exclusive interview.

3 Comentários

Arquivado em ST for Life

100 posts!

* with english version below.

Comecei o blog há pouco mais de cinco meses. Sem nenhuma pretensão, exceto pela disposição de não deixar o extenso material (fotos, principalmente) que coletei sobre o Suicidal praticamente morto em uma pasta do computador.

De lá para cá, já foram 100 posts publicados! O centésimo foi o logo abaixo, uma entrevista com o fotógrafo, skatista e camarada do ST Pep Williams.

Alguns posts me trouxeram imensa satisfação. Especialmente, as entrevistas com os ex-integrantes Louichi Mayorga, Amery Smith, Rick Battson e Jon Nelson — sem contar a do Mike Clark, membro ainda na ativa.

Da mesma maneira, foi muito legal conectar a galera que é fã do grupo. Juntar Cycos da Suécia, Portugal, França, Rússia, além dos brasileiros e americanos.

É isso aí… espero que esse seja apenas o primeiro marco e que muita coisa boa esteja por vir!

********************************

It’s beem 5 months since I’ve stated this blog. Back then, I didn’t have any objectives, I only desired to share all the Suicidal stuff I’ve been collecting in these years hidden in some computer folder.

Since then, it’s been 100 posts published! The post #100 is the one with the interview I made with Pep Williams, photographer, skater and ST bro.

Some posts has made me really happy and satisfied for doing this, specially the interviews with the former members of ST Louichi Mayorga, Amery Smith, Rick Battson e Jon Nelson –without mentioning the interview with Mike Clark, who’s still a ST member.

In the same way, it was really nice to conect with so many ST fans, gathering Cycos from Sweden, Portugal, France, Russia, beside brazilians and americans.

There you go… I hope this mark is only the first of so many stuff coming around!

3 Comentários

Arquivado em ST for Life