Arquivo da tag: violência

ST, gangues, violência – a série 3

Relações entre o Suicidal e as gangues de Los Angeles:

3282657531_259a09e8b6_o

  • O uso do número 13, correspondente a letra M no alfabeto latino.
  • A utilização da cor azul nas bandas e roupas da banda, a mesma de Crips e Sureños.
  • Muir teve o nariz quebrado 9 vezes. Em algumas delas, em circunstâncias pra lá de estranhas…
  • O modo de vestir dos integrantes, idêntico ao de Cholos e Vatos, duas gangues de latinos de LA.
  • O irmão de Louichi Mayorga, Steve, era integrante da gangue Venice 13.
  • A aparição do “palhaço mal” (“evil clown”) em material da banda e no clipe de How Will I Laugh Tomorrow, símbolo dos Sureños.
  • O fato de que entre 1987 a 1991 o Suicidal foi “banido” de Los Angeles. Decisão tomada pelo tribunal da cidade, basicamente, por conta da violência nos shows do grupo. Além disso, também foi pedida a prisão da banda.
  • Por conta de suas iniciais, MM, de Mike Muir, o vocalista teria sido protegido pela Máfia Mexicana quando jovem.

Certamente, vocês devem saber de algumas mais. Pode ser tudo, pode ser nada. A minha opinião? Coincidências, inspirações e, talvez, um pouquinho de verdade.

Deixe um comentário

Arquivado em ST for Life

ST, gangues, violência – a série 1

Vocês devem ter reparado. Nas quatro entrevistas que fiz com os (ex) integrantes do ST, uma pergunta se tornou “clássica”: o Suicidal sempre foi associado à gangues, em algum momento existiu uma relação direta?

Não por acaso. Isso sempre me intrigou. E cheguei  a conclusão que vai ser sempre assim. O motivo é simples: não há uma resposta definitiva. Ou melhor, boto fé que a explicação padrão do Muir para esse tipo de questão é, talvez, a mais coerente, verdadeira, enfim.

Por serem de onde são, naturalmente os Cycos acabariam esbarrando em gangues, violência e temas do tipo. E é justamente desses momentos que tratarei ao longo da semana.

A começar por um recorte de jornal bem curioso que encontrei no site Punk Records. A notícia sobre uma gangue  que apavorou uma igreja em Mar Vista, sob o nome de Suicidal Tendencies. No texto, Muir condena o vandalismo. Saquem só…

01

02

03

1 comentário

Arquivado em ST for Life